Discurso Directo.

"O céu agora está completamente escuro, a luz do sol morreu e nem tenho a lua para o espelhar. Afinal, içar âncora deste sonho não é partir para construir outra realidade, é apenas regressar"

~Pai

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Outra vez

Outro momento na minha vida, onde eu chego a casa e agarro numa folha de papel por escrever e num lápis e tento voar para longe e deixar de pensar no agora. Nada. Os meus olhos acabam por embaciar e depois nada. Nada. Lágrimas. Olho para o meu telefone. Nada. Espero um sinal de vida. Nada. O simples facto de sonhar com uma relação que nunca foi, doí. Deito-me na cama. Olho de novo o telefone. Nada. Lágrimas outra vez. E afogo-me nelas, confortam-me. Adormeço e espero partir para um sonho melhor.

1 comentário: