Discurso Directo.

"O céu agora está completamente escuro, a luz do sol morreu e nem tenho a lua para o espelhar. Afinal, içar âncora deste sonho não é partir para construir outra realidade, é apenas regressar"

~Pai

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Calma

Fecho a porta de casa,
Sente-se no ar o som do camião do lixo que regressa agora à estrada.
Sente-se a brisa fresca da manhã na face.
Os estores começam a subir,
Os carros a encher as ruas, agora movimentadas com os atrasos de torrada na boca e gravata mal posta.
Respiro fundo,
E sinto um alívio que não sentia à muito.
Um peso dos meus ombros que se vai levantando aos poucos.
Com calma, mas vai lá chegar.

1 comentário:

  1. Uma nesga de frescura sopra entre as nuvens, entre o cinza fendido do céu, aos poucos azul, a luz do sol.

    ResponderEliminar