Discurso Directo.

"O céu agora está completamente escuro, a luz do sol morreu e nem tenho a lua para o espelhar. Afinal, içar âncora deste sonho não é partir para construir outra realidade, é apenas regressar"

~Pai

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Sono profundo de Inverno


Volta sempre a mim
Eu lembro-me desta dor
Espalha-se nos meus olhos
É tudo tão aborrecido.

Toda a gente sorri,
Eles sorriem.

Empurram-me para longe, tão longe
Não percebo
É tudo azul.

Consegues ouvir-me?

Agora abraça-me,
Por favor abraça-me
O meu coração gelado
Contemplo da distância
Sinto tudo a passar por mim
Não posso estar sozinha agora.

Estou perdida num sono profundo de Inverno
Parece que não consigo encontrar a saída sozinha
Podes acordar-me?

Eu sei que quando o deixar entrar
Ele esconde o amor deste momento
Por isso guardo-o, e
Observo todos os movimentos que faz.

Desejava saber como é que eu
Podia faze-lo desaparecer,
Faze-lo desaparecer.

Alguém que me oiça...

Leva-me para o teu mundo por agora
Não consigo estar só.

Por favor faz com que desapareça
Será que me vou sentir eu mesma outra vez?
Eu desejo...

Sem comentários:

Enviar um comentário