Discurso Directo.

"O céu agora está completamente escuro, a luz do sol morreu e nem tenho a lua para o espelhar. Afinal, içar âncora deste sonho não é partir para construir outra realidade, é apenas regressar"

~Pai

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Melodia


Lembras-te,
Daquela música que ficava bem com o brilho do pôr-do-sol?
Ficavas sempre silêncioso
E cantavas-la para ti.
Agora o tempo passa
E essa melodia está marcada em sépia.
Nunca poderemos voltar atrás
Pareces mais distante que todos os outros.
Estivemos sempre a fugir
Eu adorava esse brilho nos teus olhos.
Quando é que nos separamos?
Nos dias em que fixavamos o nosso olhar
E interlaçavamos os dedos,
Eu sentia o tempo parar.

1 comentário: