Discurso Directo.

"O céu agora está completamente escuro, a luz do sol morreu e nem tenho a lua para o espelhar. Afinal, içar âncora deste sonho não é partir para construir outra realidade, é apenas regressar"

~Pai

domingo, 24 de janeiro de 2010

Tudo. Nada.


Finalmente vi.
Olhei e vi.
A verdadeira beleza deste mundo.
Deste mundo,
Triste e feio.
Deste mundo bonito e feio.
Vi as cores deste mundo cinzento.
Deste mundo colorido.
Olhei e vi.
Vi-te a ti.
Vi-vos a todos.
Vi a minha vida.
Reflectida nos teus,
Vossos olhos.
Vi o reflexo,
Do reflexo do teu olhar,
Espelhado no meu.
Vi o infinito,
Que era o tudo e o nada.
O infinito sem estradas,
Sem caminhos,
Por onde caminhar.
Vi uma vida nova,
Nascer.
Vi uma vida antiga,
Morrer.
Vi o tudo e o nada.

Sem comentários:

Enviar um comentário