Discurso Directo.

"O céu agora está completamente escuro, a luz do sol morreu e nem tenho a lua para o espelhar. Afinal, içar âncora deste sonho não é partir para construir outra realidade, é apenas regressar"

~Pai

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

O princípio do fim


Fogo.
A minha mansão arde.
Os meus pais dentro dela,
Queimam.
Um grito solta-se,
Da minha garganta sem voz.
Um braço agarra-me.
Uma voz assusta-me.
As minhas pálpebras fecham.
Escuridão.
Os meus olhos abrem-se.
Máscaras cor de pérola,
Aproximam-se.
Tento fugir, mas estou presa.
Sorrisos maléficos.
Um ferro quente,
Com um desenho que me irá assombrar para sempre.
A chapa queima a minha pele.
Deixaram em mim uma marca.
Uma cela.
A solidão assombra-me.
Peço ajuda com toda a minha força.
Um demónio.
Um contracto.
Sem hesitação,
Vendo-lhe a minha alma,
Em troca de protecção.
"MATA-OS A TODOS!"
Um sorriso satisfeito.
Segundos.
Sangue.
O princípio do fim.

Sem comentários:

Enviar um comentário